sexta-feira, 30 de março de 2012

Lasanha de Berinjela

Eu sou fã de LASANHA e também adoro berinjela e se juntar as duas coisas já viu né eu vou comer muito hehehe. Essa lasanha ficou um delicia e é muito simples de se fazer.



Ingredientes: 


  • 3 beringelas grandes cruas
  • 1 lata de molho de tomate de sua preferência
  • 1 maço de coentro cortado e pedaços pequenos
  • Azeitonas sem caroço cortadas
  • 300 g de queijo muzzarela fatiado
  • 300 g de presunto fatiado
  • 2 colheres de azeite
  • Queijo catupiry
Modo de fazer:

  • Corte as beringelas em fatias finas, no sentido do comprimento você pode colocar a berinjela normal ou empanada eu prefeito empanada.


  • Em uma assadeira retângular refratária, coloque no fundo as duas colheres de azeite e um pouco de molho de tomate

  • Coloque então uma camada de beringela

  • Cubra com molho de tomate, salpique com azeitonas e coentro e em seguida coloque uma camada de presunto

  • A seguir, coloque uma camada de beringela, cubra com molho de tomate e por cima coloque uma camada de queijo muzzarela
  • Repita os passos 3 e 4 para formar mais duas camadas
  • Coloque por cima da última camada de berinjela e decore a gosto.



  • Leve ao forno em temperatura de 180º graus por cerca de 30 minutos para cozinhar
  • Após isso retire o papel alumínio e deixe por mais 5 a 10 minutos para gratinar
  • Sirva quente



quarta-feira, 28 de março de 2012

Passando pela subway

Sexta passando eu estava com uma super vontade de comer no Subway e quando sair do trabalho não resistir e tive que passar no subway para comer, sabe quando você fica pensando em certa coisa e não consegue parar de pensar ??? então eu estava assim. . .


eu come o meu preferido que é o vegetariano com tomate seco huuuum deu ate agua na boca so de lembrar agora hehehehe 
eu sempre peço com todos os vegetais e sempre adiciono tomate seco e picles!
Bom eu tirei umas fotinhas do meu lanche do subway e vou mostrar pra vocês agora ;) 

olha só quanto tomate seco tinha no meu lanche hehehe

pra mim esse é o melhor lanche do subway

Essa limonada foi para acompanhar meu lanche eu nem sabia que existia limonada da dell valle mais eu  provei e aprovei é uma delicia. 

terça-feira, 27 de março de 2012

Hot dog de pão de forma




Hot Dog é um delicia eu particularmente adoro, e eu sei um jeito rápido e fácil de se fazer hot dog usando pão de forma, espero que vocês gostem. 



Ingredientes:
  • 4 colheres (sopa) de maionese
  • 2 colheres (sopa) de mostarda
  • Orégano e sal com ervas
  • 10 fatias de pão de forma sem casca
  • 10 fatias de queijo prato
  • 10 salsichas de sua preferência fervidas e escorridas
Modo de fazer:

  • Passe o rolo de macarrão sobre as fatias de pão para deixá-las mais finas. Reserve.


  •  Misture a maionese com a mostarda, tempere com o orégano e o sal com ervas.


  •  Passe dos dois lados do pão.

  • Coloque uma fatia de queijo, uma salsicha no sentido diagonal e feche com um palito.






  • Forre uma fôrma com papel-manteiga e coloque os hot dogs. Leve para o forno médio (210ºC) por 15 a 20 min aproximadamente.


segunda-feira, 19 de março de 2012

Conheça um pouco mais dessas 6 sobremesas.






1 - Quindim: Ainda hoje, um dos doces mais populares. Em sua receita, três ingredientes principais: os ovos, açúcar e o coco ralado. Não menos importante, a canela, atribuindo, pois, um sabor diferenciado.
- Um detalhe: Poucos sabem, mas o quindim é originário da região nordeste. Por lá, a sua comercialização em padarias e supermercados.
- Já em Portugal, o produto pode ser adquirido nas chamadas pastelarias. Nestas, um dos condimentos mais famosos: o pastelzinho de Belém.
- Em seu preparo, a utilização de 10 ovos inteiros. Não obstante, a seleção de mais seis gemas.
- Já no forno, o alimento deverá permanecer por uma hora. Ao término do processo, desenforme a estrutura, e aguarde o seu resfriamento.
2 - Maria - Mole: Bastante difundida, ela se estabelece a base de açúcar e claras em neve. Entre seus diferenciarias, a gelatina incolor, e o seu sabor inigualável.
- O alimento, como se sabe, se assemelha a um marshmallow. Este, por sua vez, disseminado nas festas típicas, e nos eventos de final de ano.
- Em média, o preparo de 40 unidades do produto. Seu comércio, em pontos estratégicos nas grandes cidades.
3 - Pamonha: No Brasil, o quitute mais conhecido. Encontrado, sobretudo, nos chamados “ranchos” e nas pequenas fazendas.
- Além destes, o seu incremento em cidades especificas. Entre as quais: Goiás, Minas Gerais e São Paulo.
- Nesta última, a sua maior popularização, em especial, no município de Piracicaba.
- Em Santa Catarina, o preparo da maior pamonha do mundo. Ao todo, o equivalente a 408 Kg.
4 - Gelatina: Nos finais de semana, um dos artigos mais consumidos. Entre os sabores mais aceitos, o de morango, cereja e uva.
- Dentro da geladeira, a sua permanência por 15 a 20 minutos. Após o processo, a sua degustação em potinhos ou pirex.
- Além do modo tradicional, o alimento pode ser consumido com creme de leite. Tudo é claro, dependendo do gosto de cada um.
5 - Algodão doce: Delicioso, ele é formado a partir do açúcar cristalizado. Sua venda, em quiosques, praças e circos.
- Na sua fabricação, duas são as cores mais conhecidas: o branco e o rosa. Já nos casos mais excêntricos, a difusão do verde, amarelo ou azul.
- Sua origem, é ainda incerta. Acredita-se, no entanto, que sua primeira investida tenha ocorrido nos Estados Unidos. Mas especificamente, em 1897.
6 - Maçã do amor: Afixadas em palitos, elas são comercializadas em parques e estâncias turísticas.
- Em sua base, as maçãs, evidentemente, e os corantes vermelhos. Além destes, a glucose de milho.
- No mês de junho, a sua maior popularização. Com ela, uma das datas mais conhecidas: o dia dos namorados.

Fonte: Minilua.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Mini Biscoitos.

O poste de hoje é um pouquinho pequeno, acho que vocês vão precisar de um lupa para ver o que tem nas fotos hehehe.
Esses biscoitos são fabricado fora do brasil, e em datas como o natal a sua fabricação é maior.
vamos as fotos:
















Fala se esses biscoitos não são bonitinhos e devem dar um super trabalho para ser feitos. 

segunda-feira, 12 de março de 2012

Conheça os benefícios de nove tipos de farinha.


Comum no preparo de pães, bolos e massas, em geral, a farinha vem ganhando destaque no equilíbrio da dieta. O alimento, obtido pela moagem da parte comestível de vegetais e/ou frutas, atua na prevenção de diversas doenças e ainda fornece vitaminas e minerais essenciais para o bom funcionamento do organismo. Os tipos variam desde as versões tradicionais, como a de trigo, até outras menos conhecidas, como a de maracujá e a de arroz. Para conhecer os benefícios dos diferentes tipos de farinha, leia o poste a seguir:


Farinha de trigo
A farinha de trigo branca é fonte de carboidratos e, se o farelo (estrutura que recobre a semente) não for desprezado no preparo, também de vitaminas do complexo B, zinco e potássio. "Essas vitaminas dão energia e vitalidade ao sistema nervoso central, enquanto que o zinco fortalece o sistema imunológico e o potássio auxilia na hidratação dos tecidos do corpo", explica a nutricionista Roseli Rossi, da clínica Equilíbrio Nutricional. Ela recomenda, entretanto, que seja dada prioridade à versão integral, mais saudável e fonte de fibras. Lembre-se de que a farinha de trigo branca deve ser evitada por pessoas com doença celíaca ou intolerantes ao glúten.


Farinha de milho
A farinha de milho tem algumas vantagens em relação à farinha de trigo, porque preserva uma série de nutrientes importantes que a de trigo dispensa. "O principal deles são as fibras, que ajudam o organismo a eliminar toxinas e manter a taxa de colesterol em níveis adequados", explica. O milho também é fonte de vitamina A, essencial para a visão e para a diferenciação dos tecidos. Além disso, essa farinha tem a vantagem de não conter glúten, o que libera seu consumo mesmo por pessoas em dietas restritivas.
Farinha de berinjela
"Altamente rica em fibras, a farinha de berinjela auxilia no trânsito intestinal, reduz a absorção de gordura, promove a sensação de saciedade e até auxilia no funcionamento dos rins", afirma Roseli. Vale lembrar, entretanto, que manter uma boa hidratação é fundamental para aproveitar todos esses benefícios. O alimento ainda conta com as vitaminas A e C, com ação antioxidante, ou seja, que combate radicais livres, substâncias responsáveis pela degeneração das células.
Farinha de centeio
A farinha de centeio possui elementos que retardam a digestão e diminuem a conversão de açúcar em gorduras. Além disso, ela contém menor teor de glúten se comparada à farinha de trigo integral, complementa a nutricionista Maria Fernanda. "O alimento ainda é fonte de carboidratos complexos, que fornecem energia; aminoácidos essenciais, que auxiliam na construção muscular; e minerais, como potássio, importantes para o bom funcionamento do organismo", afirma. A farinha de centeio ainda é fonte do ácido fólico, essencial para a manutenção do sistema nervoso central e na formação dos glóbulos vermelhos.
Farinha de cevada


A cevada contém fibras que ajudam a regularizar o intestino, diminuir o nível de colesterol e equilibrar a glicemia. Ela também é rica em proteínas, carboidratos e vitaminas do complexo B. O selênio, presente em sua composição, atua como antioxidante, combatendo radicais livres, e o magnésio promove o relaxamento muscular. "Outra informação importante é que, embora a cevada seja da família do trigo e possa ser usada em quase todas as receitas que incluem farinha de trigo, como pães e massas, ela nem sempre desperta sensibilidade de pessoas intolerantes ao trigo".


Farinha de aveia

Fonte de fibras solúveis, a aveia contém alto teor de beta-glucana, que auxilia na diminuição dos níveis de colesterol no sangue. "Ela age como uma pequena esponja que absorve a gordura, ajudando na redução das taxas de colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares", afirma Maria Fernanda. A farinha de aveia ainda é rica em proteínas, vitaminas e mineiras, como ferro, cálcio e magnésio. Outro benefício do alimento é o fato de ele colaborar com o controle do peso, uma vez que suas fibras retardam o esvaziamento gástrico e prolongam a sensação de saciedade, afastando a fome.



Farinha de banana verde

De acordo com a nutricionista Roseli, a farinha de banana verde é uma das mais estudadas e utilizadas atualmente. "Ela apresenta um tipo de amido que serve como ?alimento? para bactérias benéficas do intestino, produtoras de substâncias que auxiliam na prevenção de doenças inflamatórias intestinais, na manutenção da mucosa intestinal e contribuem com o aumento do bolo fecal, reduzindo o risco de câncer de cólon", pontua. O alimento ainda pode ser um grande aliado para mulheres vítimas da tensão pré-menstrual (TPM) - a banana é fonte de magnésio, que diminui as dores causadas pelas contrações geradoras das cólicas e está relacionado à produção de dopamina, que traz bem-estar.



Farinha de maracujá

A farinha de maracujá é fonte de diversas vitaminas e minerais. "Uma delas é a niacina (vitamina B3), que atua na produção de hormônios, melhorando os sintomas da ansiedade e protegendo as paredes do estômago", diz Maria Fernanda. Também estão presentes no alimento o ferro, que combate a anemia, o cálcio que favorece a contração muscular e o fósforo, que fortalece os ossos e atua na manutenção da memória. Esta farinha também é rica em uma fibra solúvel chamada pectina, que prolonga a sensação de saciedade e ajuda no controle dos níveis de açúcar no sangue.



Farinha de arroz

"Como a farinha de arroz é feita pela simples moagem dos grãos, sem qualquer processo químico envolvido, ela preserva as mesmas características nutricionais do arroz polido (branco)", afirma Roseli. Assim, além do amigo, que corresponde a cerca de 90% da matéria seca do arroz, esta farinha não contém glúten e auxilia na prevenção de doenças do aparelho digestivo, do coração e no controle do diabetes, já que possui índice glicêmico baixíssimo. A farinha de arroz também reduz a absorção de óleos vegetais dos alimentos, tornando-os menos calóricos.

Fonte:Yahoo!