terça-feira, 25 de abril de 2017

Os vegetarianos se dividem em 4 grupos principais.


Os vegetarianos se dividem em 4 grupos principais


Ovolactovegetarianos

Não consomem nenhum tipo de carne (nem frango, peixe ou frutos do mar), mas consomem laticínios e ovos. Este tipo de vegetarianismo é o mais comum, embora os produtos de origem animal aceitos neste tipo de dieta não sejam, de fato, vegetarianos. Quando alguém se declara vegetariano, quase sempre pertence a este grupo. As motivações que levam uma pessoa a ser ovolactovegetariana variam, mas quase sempre estão ligadas a compaixão com os animais. Por isso, grande parte dos ovolactovegetarianos passam a ser veganos.


Lactovegetarianos

Além de não consumir nenhum tipo de carne – como os ovolactovegetarianos -, os lactovegetarianos excluem também os ovos da dieta. Quase sempre este tipo de vegetarianismo está ligado à razões religiosas. É o tipo de vegetarianismo predominante em países como a Índia. Os produtos de origem animal aceitos neste tipo de dieta não são, de fato, vegetarianos.


Vegetarianos estritos

Não consomem nenhum tipo de carne, laticínios ou ovos em sua alimentação.


Veganos

Por motivações éticas, não consomem nada de origem animal em nenhuma área de suas vidas. Alimentação, vestuário, espetáculos ou qualquer outro tipo de atividade que envolva sofrimento animal é excluída da vida de uma pessoa vegana. O veganismo é uma postura política e não uma dieta. Para os veganos, é importante mostrar sua filosofia de vida às empresas, através de boicote a produtos e serviços obtidos com sofrimento de animais. Produtos com qualquer ingrediente ou insumo de origem animal ou ainda testados em animais são riscados da lista de compras veganas. Entre os produtos não utilizados pelos veganos estão o couro (pele), a gelatina (tendões e cartilagens), a , o mel, corantes feitos à base de animais como o “Carmim de Cochonilha / INS 120” e outros insumos da indústria derivados de animais.
Existem outros termos como “semivegetarianos” e “pescovegetarianos”, que não são reconhecidos como termos vegetarianos. Entre os veganos, existem ainda os “frugívoros”, que só se alimentam de frutos. Outro grupo de vegetarianos conhecido é o “crudívoro”, que só se alimenta de alimentos crus, muitas vezes germinados. Os crudívoros não são, necessariamente, veganos. A motivação mais comum entre os crudívoros é a saúde e não é raro encontrar crudívoros que consomem mel e outros produtos de origem animal. Existem também os “ovovegetarianos”, que não consomem nenhum tipo de carne nem laticínios mas consomem ovos e derivados.

Escrita e pronúncia
Os termos “ovolactovegetariano” e “lactovegetariano” são escritos assim, sem hífem, de acordo com a Academia Brasileira de Letras. O termo “vegano” se pronuncia exatamente como se lê: “vê-gã-no”. Esta palavra vem do termo inglês “vegan”, que pronuncia-se “ví-gãn”.

domingo, 23 de abril de 2017

Comidas estranhas pelo mundo.

Iae pessoal, tudo bom com vocês ?
o post de hoje é sobre algumas comidas estranhas/bizarras/nojentas espalhadas por esse mundão de meu Deus.
sem mais delongas vamos ao que interessa :)


PÊNIS DE BOI

oxpenis-tm
O pênis é geralmente cozido ou frito, mas também pode ser comido cru. Alguns ocidentais 
comparam o gosto com o de lula cozida demais.
20100208-nastybits-cutpizzle


FUNGO CATERPILLA

caterpilla
É uma espécie de fungo parasita que cresce em larvas de insetos. O fungo invade o corpo das lagartas, mata-as e mumifica-as. Emerge do solo na primavera ou verão, sempre que crescem fora da lagarta. O fungo é comumente utilizado como medicina chinesa ou tibetana, onde é utilizada como um afrodisíaco e como tratamento para uma variedade de doenças, de fadiga a cancro. Também é servido em sopa (como pode ver na imagem a cima).
Caterpillar_Fungus


EMBRIÃO DE PATO

pato1
É um ovo de pato fecundado com um embrião quase desenvolvido, que é cozido e comido na casca. São considerados iguarias da Ásia e, especialmente, nas Filipinas, Camboja e Vietnã. Popularmente acredita-se ser um afrodisíaco e considerado um alto teor de proteína. Eles são vendidos principalmente por vendedores de rua durante a noite nas regiões onde estão disponíveis. Eles são muitas vezes servidos com cerveja..
Ovos de pato fertilizados são mantidos aquecidos ao sol e armazenados em cestos para reter o calor. Depois de nove dias, os ovos são mantidos a uma luz para revelar o embrião dentro. Aproximadamente oito dias depois, o prato está pronto para ser cozinhado, vendido e consumido.
pato


SOPA DE BARATA

Quem não adoraria uma especiaria como essa em seu prato, hein?
sopa


RATOS

rato1
Os ratos são surpreendentemente um alimento comum em algumas partes do mundo. Na Coreia do Norte são comidos, porque muitas vezes há pouca coisa para comer nas aldeias. Eles geralmente são ratos de campo, em vez de os ratos da cidade que a maioria de nós está familiarizado. Eles são descritos como sendo resistente e com um gosto de frango.
rato2


VINHO DE LAGARTO

Este vinho encontra-se predominantemente na Ásia e é tipicamente feito com três lagartos mergulhados em vinho de arroz,
laggarto


QUEIJO COM LARVAS

É um tradicional queijo feito de leite de cabra com larvas de moscas. Embora posto na ilegalidade por razões de ordem sanitária, é encontrado no mercado negro da Sardenha, região italiana na qual é produzido.
Vai além da típica fermentação, chegando a um estágio que muitos considerariam uma decomposição, produzida pela ação digestiva das larvas das moscas. Estas larvas são deliberadamente introduzidas no queijo, promovendo um nível avançado de fermentação e quebrando os lipídios do queijo.
Vai um queijo com larvas aí?
queijo2


HAGGIS

haggis1
Esse é um prato da Escócia. É um pudim salgado contendo fígado de ovelha, coração e pulmões. Misturados com algumas cebolas picadas, especiarias, etc, e, novamente, envolto no estômago de ovelhas e cozido. Embora este prato não soa atrativo, diz-se ter grande textura e sabor, duas coisas que os conhecedores de comida estão sempre à procura.
haggis
 Fonte: Minilua